Qual é a origem do Dia das Mães?

O dia das mães é uma das festas mais celebradas do mundo. Porém, você sabe como surgiu?

A história surgiu nos Estados Unidos e está relacionada com a figura de Anna Jarvis. Sua mãe, Ann Marie Reeves Jarvis, foi considerada um ícone de sua geração. Preocupada em diminuir a mortalidade das crianças de sua região, Ann Marie Reeves Jarvis fundou o Mother’s Day Work Club, local onde foi difundido conceitos de higiene e saúde tanto para as crianças quanto para os seus familiares.

Durante a Guerra civil norte-americana (1861-1865), os centros fundados pela senhora Reeves Jarvis passaram a atender os soldados doentes e feridos de qualquer um dos exércitos envolvidos na batalha. Em maio de 1905 Ann Marie Reeves Jarvis veio a falecer no estado da Virgínia, EUA. A sua morte transtornou imensamente a sua filha Anna Jarvis que, para aliviar a dor e honrar a sua mãe, decidiu organizar com algumas amigas ligadas à Igreja Metodista um dia especial para homenagear a todas as mães, assim como ensinar as crianças a importância da figura materna.

O Então governador da cidade, Sr. William E. Glasscok, ficou tão emocionado com a homenagem que decidiu oficializar o dia 26 de abril como sendo o “Dia das Mães” no estado da Virgínia. Em pouco tempo, outros estados adotaram a celebração. A data comemorativa logo chegou aos ouvidos do então presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson que em 1914 decidiu, orientado diretamente pela própria Anna Jarvis, oficializar o evento no segundo domingo de maio.

No Brasil, o evento se consolidou no governo provisório de Getúlio Vargas, em 1932. Em Portugal, a comemoração começou na década de 1950, na Itália em 1957 e na Suíça em 1930.

What is (in) an accent?

If you are a speaker of a second language, you might have already listened to comments about your accent. The way we say the words is the primary instance of judgments concerning our language abilities. When we learn English, for example, we know if our teacher speaks British English, American English or Australian English and we spend years trying to speak as a native. The question is, why is it so important to speak as a native? What does an accent carry with it to be hated so much?

Well, let’s start clarifying the difference between accent and pronunciation. Pronunciation is, according to the Oxford Living Dictionary: “The way in which a word is pronounced”, while accent is: “A distinctive way of pronouncing a language, especially one associated with a particular country, area, or social class”. This means that having an accent is not related to the rightness or wrongness of speaking a language, it is rather a different way to speak a language.

Studies in linguistics show that everybody has an accent, and, as stated above, it can be related with diverse cultural factors. One of these factors is the social status of the language. In English, for example, we have the Standard English as the most valuable accent because it shows that the speaker learned the language in a formal way, such as language courses, private lessons or immersion, indicating, thus inferring in a higher social status. On the other hand, someone who learned English without having contact with native speakers will, most likely, have a stronger accent, and, therefore will be associated to a lower social status.

When a foreign speaks a language with an accent, it shows a lot about this person and it is deeply connected to our identities, because it shows who we are beyond the strict language abilities. It is also a way to demonstrate how a language can be alive and used differently among different people. Having an accent should not be in anyway a matter of shame or depreciation, it should, actually, be a reason to be proud of our cultural roots and abilities of learning a new language.  

So, now get your accent and come to speak and learn with us at WLS.

Prepare o delicioso Grittibänz

As festas de fim de ano se aproximam e, com elas, não poderiam ficar de fora os momentos de reflexão, assim como a preparação de deliciosas guloseimas. Na Suíça, além dos biscoitos em diversos formatos e sabores, não pode faltar o famoso Grittibänz, uma espécie de brioche que tem a forma de um homem ou mulher. A origem exata desse «pãozinho » não é conhecida. Diz-se que o mesmo originou-se em Basileia por volta do século XVI. Porém, há quem diga que o delicioso brioche surgiu em Aargau no ano de 1857.;  nessa época, ele era conhecido como « Chriddibänz ». O nome vem de  « Gritte, grittle, grättle », que se refere à posição das pernas, ou seja, pernas abertas. A segunda parte do nome vem de Benz ou Bänz, que era a abreviação de Benedikt, um nome muito comum naquela época, como Hans (João).

Uma coisa é certa, tão divertido como se sentar à mesa e degustar o delicioso Grittibänz é prepará-lo com a família. Veja a receita abaixo e mãos à massa :

Ingredientes para 6 Grittibänz

1Kg Zopfmehl (farinha de trigo misturada com farinha de espelta. Usada para fazer pão de trança)

180gr de manteiga

1 cubo/colher de fermento

1 colher de sal

60gr de açúcar

5dl de leite

2 ovos

Uvas passas

Pedacinhos de amêndoas

Preparação :

Para fazer a massa, misture o açúcar, o sal e a farinha especial para o pão de trança. Forme uma cavidade. Derreta a manteiga e deixe esfriar um pouco. Dissolva o fermento com um pouco de leite. Coloque na cavidade a manteiga derretida, leite, o fermento derretido em leite e 1 ovo e misture tudo com as mãos.

Sove a massa com as mãos por pelo menos 10 minutos até obter uma textura lisa e elástica (ao cortar com uma faca, nenhuma bolha de ar deve aparecer). Cobrir a massa e aguardar por 1 hora. A massa irá duplicar de tamanho. Sove novamente a massa. Dê forma ao Grittibänz, decore como quiser, pincele com a mistura de ovo (clara e gema). Asse em forno médio preaquecido (220 °C) durante aproximadamente 20 minutos.

El idioma español en el mundo: algunas cifras

Según recientes estadísticas y publicaciones del Instituto Cervantes y otras entidades, a fines el 2017, el idioma español es la segunda lengua más hablada en el mundo como lengua materna, (aprox. 500.6 millones) siendo solamente superada por el chino mandarín (aprox. 950 millones). Al mismo tiempo, otros 75 millones de personas tienen un dominio limitado del español y otros 21.2 millones lo estudian como lengua extranjera.


Por ejemplo, en los Estados Unidos, es el idioma más estudiado en todos los niveles de enseñanza, así como en Inglaterra es considerado como el idioma del futuro.
En suma, aproximadamente 590 millones de personas de la población mundial serían hispanohablantes (entre hablantes nativos y extranjeros). Actualmente el 7.8% de la población mundial habla español.

El español es el idioma oficial de 21 países, extendidos en los 5 continentes.
En Latinoamérica, los países con mayor número de hablantes nativos son actualmente México (aprox. 120 millones), Colombia (aprox. 48.8 millones) y Argentina (aprox. 43 millones).

Cabe también destacar, que estas estadísticas antes mencionadas incluyen también al internet y a las redes sociales: el español es en la actualidad la tercera lengua más utilizada en internet, y la segunda lengua más utilizada tanto en Facebook, como en Twitter.

¿Y a ti, te gustaría aprender español?

¡No esperes más e inscríbete en uno de nuestros cursos!

Barbara Ballester
Profesora de español y de alemán

Países de língua inglesa

Olá!

Responda rápido: três países em que o Inglês é a língua oficial…
A sua resposta certamente incluiu Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Austrália e talvez Nova Zelândia. Mas você sabia que além desses países, há muitos outros lugares ao redor do mundo em que o inglês é a língua oficial ou então a principal língua de comunicação (também conhecida como língua franca)?

Isso acontece porque, durante o século XIX, a Inglaterra e os Estados Unidos começaram uma nova empreitada para colonizar alguns países, principalmente na Ásia e na África e, com isso, esses lugares adotaram o Inglês como língua oficial.
No mapa abaixo, você pode conferir todos esses países

E agora uma lição de geografia: você é capaz de nomear todos os países que estão coloridos no mapa?

No final do post você pode conferir as suas respostas.
Mais importante do que o nome dos países em si, é a importância do inglês para cada um deles. Na legenda do mapa está explicado que os países em verde fluorescente são considerados anglófonos, ou seja, o inglês é a língua oficial e é a principal língua materna. Os países em verde escuro são aqueles em que o Inglês é a língua oficial e a maioria das pessoas é falante dessa língua. Os países em verde não tão escuro têm o inglês como língua oficial, mas a maioria das pessoas não é falante de inglês.

Nas partes pintadas em azul escuro e claro, estão representados os países em que o inglês é uma língua cooficial e falada pela maioria e pela minoria da população, respectivamente. Por fim, os países em amarelo são aqueles em que o Inglês é uma língua muito comum, mas é considerada não oficial, enquanto os países em laranja são aqueles em que o inglês desempenha um papel social, ou seja, não tem nenhuma ligação com a língua oficial, mas ainda assim, a maior parte dos habitantes é falante de inglês.

Viu só como falar inglês pode te levar a qualquer lugar do mundo?! Por isso, se você ainda não fala essa língua tão importante para tantas pessoas ao redor do mundo, está na hora de se inscrever em um curso de inglês.
Mapa com os nomes dos países o inglês é falado:

Luana Pizzi
English and Portuguese Teacher

British X American

Hi everyone!

English is spoken all over the world and the pronunciation depends a lot on where the speaker comes from. But the differences between British and American English is another pair of shoes! Americans and British people often spell the same word differently and there are also many cases in which the two varieties of English use completely different words to describe the same thing.

Check here a small list of various British words and expressions and their American equivalents!

BRITISH         
AMERICAN
aeroplane
airplane
aubergine
eggplant
biscuit
cookie; cracker
candyfloss
cotton candy
casualty
emergency room
 BRITISH                         AMERICAN
 chemist  drugstore
 chips  French fries
 cinema  movie theater, the movies
 courgette  zucchini
 crisps  chips; potato chips

 BRITISH AMERICAN
  dustbin  garbage can
 flat  apartment
 football  soccer
 footway  sidewalk
 garden  yard; lawn

 BRITISH AMERICAN 
 Holiday  vacation
 jumper  sweater
 junior school  elementary school
 kennel  doghouse
 ladybird  ladybug
 lift  elevator
 lolly  lollipop
 maize  corn
 mobile phone  cell phone

See you soon!

Andréa Vedovato
Englisch and Portuguese Teacher

 

 

Una tradición en Zürich para despedir el invierno

Todos los años, aproximadamente a mitad del mes de Abril, se realiza en la ciudad de Zürich una festividad conocida como “Sechseläuten”, una tradición muy antigua e interesante.

El punto central de esta festividad, es la quema del “Böögg”, que simboliza el invierno, y es un muñeco construído especialmente para este día, con forma de muñeco de nieve, hecho de paja, virutas de madera y tela. En pleno centro de la ciudad, mas concretamente en el “Sechseläutenplatz” en Bellevue, se coloca a este muñeco sobre una gran pira de madera, para realizar la quema.

El propósito de esta festividad, que ya comenzó en el siglo 18, es ahuyentar al invierno y augurar un buen verano. Tradicionalmente se realizan desfiles y festejos durante todo el día, esperando el momento de que comience la quema del Böögg, a las 18:00 horas. De hecho, desde el día anterior comienzan los desfiles de niños y otras tradiciones.

Mientras la madera comienza ya a arder, la gente presencia el espectáculo desde varios lugares, incluso es transmitido por la televisíón. Así mismo, mientras el Böögg comienza a arder lo acompañan jinetes que giran alrededor de la pira a gran velocidad. Estos están vestidos de caballeros, llevando estandartes y banderas, y simbolizando los diferentes grupos de participantes, los llamados “Zünfte”.

La idea es contar los minutos que dura la quema, hasta que la cabeza del muñeco explota. Cuanto menos tarde la cabeza en explotar, mejor será el verano, según esta tradición.

Todos los años otro cantón suizo es invitado a participar de esta festividad, y por lo tanto es muy común encontrar representantes del gobierno y personalidades públicas alrededor del Böögg presenciando el envento. Este año el cantón invitado es la ciudad de Basel.

Para los habitantes de Zürich esta festividad es parte de las tradiciones de todos los años, incluso ese día (que es lunes) en las escuelas dan feriado a los niños.

Se trata de un espectáculo tradicional muy interesante y lleno de historia. Y porsupuesto, todos esperan con ansias que la cabeza del Böögg no tarde demasiado en explotar, ya que luego del largo invierno de Suiza, nada mejor que darle la bienvenida a un largo y soleado verano.

Barbara Ballester
Profesora de español y aleman

Cumprimentar-se e despedir-se em alemão

Olá, pessoal!

No nosso post de hoje, iremos aprender como as pessoas se cumprimentam e se despedem em alemão.

A qualquer hora do dia, podemos cumprimentar alguém de modo formal dizendo Guten Tag! (Tenha um bom dia!), acompanhado de um aperto de mãos.

Aperto de mãos

De manhã, até mais ou menos dez horas, as pessoas podem cumprimentar-se dizendo Guten Morgen! (Bom dia!) e, por volta das seis da tarde, dizendo Guten Abend! (Boa noite!).

Quando as pessoas se despedem dizem Auf Wiedersehen! (Adeus, tchau) e, nesse caso, podem também dar um aperto de mãos.

Existem, porém, algumas maneiras muito informais de cumprimentar alguém: Hallo! ou Grüß dich! Para dizer adeus ou tchau usa-se Tschüs!

Auf Wiedersehen!

Claudia Lopes
Professora de português e italiano

Se gostou do post, deixe o seu comentário!

La comparaison en langue française

post nelson

Bonjour à tout le monde!

«Sophie est timide et devient vite rouge comme une tomate»


La comparaison consiste à comparer deux éléments qui ont des points en commun. Elle est toujours composée d’un mot qui permet de lier ces deux éléments et que l’on appelle un outil comparatif: comme, tel, plus que, moins que, ainsi que, etc.

Grâce à l’outil comparatif «comme», la comparaison exprime clairement les points communs entre le rouge du visage de la jeune femme et la tomate. On dit «devenir rouge comme une tomate» car, lorsqu’une personne ressent une forte émotion, son visage peut rougir.

Tu veux savoir plus sur la comparaison?

Inscris-toi dès maintenant pour le prochain cours de Français!

Nous avons des cours de niveau A1-B2 à partir du 30/04/18.
Pendant la semaine ou les samedis.

A Bientôt!

Nelson Adao
Professeur de français et d’allemand

Expressões idiomáticas inglesas: uma forma natural de falar

Todo idioma tem sua ‘’coleção’’ própria de expressões e ditos populares, conhecidos como EXPRESSÕES IDIOMÁTICAS ou PROVÉRBIOS, usados pelos falantes em forma de frases (ou enunciados) de sentido completo.

Na língua inglesa, a lista de expressões é enorme e, muitas delas, são usadas de maneira extremamente informal na comunicação quotidiana. Essas expressões são chamadas de IDIOMS.

Creditis – Web

O mais interessante é que, ao traduzi-las, essas expressões adquirem significados completamente diferentes dos seus significados reais e, na maioria das vezes, não fazem sentido algum se traduzidas ao pé da letra.

Para facilitar e alegrar os seus estudos de inglês, listamos abaixo algumas dessas expressões com seus significados em português. Divirtam-se!

A penny for your thoughts – Um centavo por seus pensamentos (usada para perguntar o que a outra pessoa está pensando)

Creditis – Web

Actions speak louder than words – Ações falam mais alto do que palavras (vale mais o que você faz do que o que você diz)

Barking up the wrong tree – Procurando no lugar errado, acusando a pessoa errada.

Beat around the bush – Enrolar, não ir direto ao ponto.

Once in a blue moon – De vez em quando, raramente.

Creditis – Web

Best thing since sliced bread – Uma ótima ideia, invenção ou plano.

Burn the midnight oil – Estudar ou trabalhar com afinco, até tarde da noite.

Cross that bridge when you come to it – Não sofrer por antecipação, lidar com um problema somente quando ele realmente acontecer.

Elvis has left the building – Está acabado, algo chegou ao fim.

Creditis – Web

Let the cat out of the bag – Contar algo, um segredo que não poderia ser revelado.

Take with a grain of salt
– usada para dizer que não se deve levar algo que alguém disse muito a sério.

Andréa Vedovato
English and Portuguese Teacher

Até breve e bons estudos!

Se gostou do post, deixe um comentário!

Your window to the world